Uma senhora contraiu ferimentos genuínos devido a um ataque equipado que ocorreu na manhã de segunda-feira na região da Gorongosa, na região de Sofala.

O ataque ocorreu pouco depois das sete horas na região do rio Púnguè, em algum lugar na faixa de 40 quilômetros do acampamento base da localidade de Gorongosa, quando pessoas, até agora não identificadas, começaram a atirar em um caminhão que estava fazendo o curso de Inchope à Gorongosa.

O ataque provocou o ferimento de uma senhora cujo caráter não conseguimos determinar, que ainda estava em um veículo semelhante, que foi baleado e foi ajudado na clínica de emergência da região da Gorongosa. Por causa da gravidade de suas feridas, ela foi transferida para a clínica de emergência comum de Chimoio.

No momento em que nosso relatório foi enviado para essa última unidade de bem-estar, o indivíduo ferido estava naquele ponto na sala de trabalho, onde um tiro estava sendo expulso, o que teria permanecido na região do intestino.

Temos um paciente de cerca de 20 anos de idade, que foi transferido do Hospital Distrital da Gorongosa, vítima de uma descarga torcida na região central. No momento, ela está sendo trabalhada, disse Lara de Melo, líder do Departamento de Emergência, que sem dar mais sutilezas, organizou a condição de bem-estar da vítima do ataque fornecido como genuína.

Deve-se notar que, desde dezembro passado, os assaltos haviam cessado no distrito Central do país, continuando há uma semana atrás, onde havia relatos de dois, quarta e sexta-feira, separadamente, o que provocou o ferimento de quatro indivíduos. que foram auxiliados adicionalmente no Hospital Provincial de Chimoio.