A Argélia celebra os 58 anos de independência do domínio francês com funeral de antigos combatentes.
As cerimónias funerária foram lideradas pelo presidente Abdelmadjid Tebboune, no cemitério principal do país.

Na sexta-feira, os especialistas argelinos executaram os crânios de 24 guerreiros de obstrução argelinos durante o período provincial.

As partes restantes apareceram no país a bordo de um Hércules C-130 do corpo de vôo francês, acompanhado por aviões militares argelinos.

As autoridades francesas descrevem a devolução dos restos mortais como um gesto de amizade e parte de esforços para reconciliar as memórias do povo francês e argelino.

RecordE-SE que o domínio colonial francês da Argélia durou 132 anos e terminou de forma brutal num conflito que durou 8 anos.

A Argélia é declarada livre após 132 anos de colonização francesa – que começou em 14 de junho de 1830 com a chegada das potências francesas na costa de Sidi Fredj, em 5 de julho de 1962.