Argentina

Maradona tem alta e vai prosseguir recuperação fora do hospital

Diego Maradona foi liberado do centro de Olivos, onde sofreu um tratamento cerebral há sete dias, e foi transferido em veículo de resgate para uma casa em Nordelta, no extremo norte de Buenos Aires, onde prosseguirá com o tratamento de problemas devido ao consumo do álcool.

A mudança foi afirmada pelo próprio médico e neurocirurgião da estrela argentina, Leopoldo Luque, minutos depois de conseguir uma fotografia com El Pibe, antes da alta clínica.

Ele deixou o centro onde trabalhou precisamente 19 anos após o jogo de despedida da carreira de futebolista do mítico 10 da Argentina.

Esse jogo para a história ocorreu no Estádio La Bambonera, casa do Boca Juniors, e estrelas unidas do mundo do futebol, por exemplo, o búlgaro Hristo Stoichkov, o francês Éric Cantona, o alemão Lothar Matthaüs ou os argentinos Pablo Aimar e Riquelme, visto na época, como substitutos de Maradona, Claudio Lopez ou Javier Zanetti.

Maradona continuará a fazer terapia em uma casa, onde terá a companhia para sempre da força de trabalho clínica e de sua família, no tratamento de problemas decorrentes da restrição ao uso de bebidas alcoólicas.

Diego Maradona foi hospitalizado na segunda-feira, uma semana atrás, pouco mais de 48 horas após a comemoração de seu 60º aniversário, com uma imagem clínica de desânimo e ressecamento.

Ele estaria se recuperando muito desses problemas e até teria pedido para voltar, no entanto, um filtro de TC realizado na manhã seguinte revelou um hematoma subdural, uma coagulação perto da massa interna da mente, e era importante continuar a procedimento médico de crise, aprovado pelo próprio especialista. além do mais, aprovado pelos parentes mais próximos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *