Sociedade

Zona sul vai continuar com baixas temperaturas até fim desta semana

As baixas temperaturas registradas ultimamente no sul do país seguem até o final desta semana. O medidor é do Instituto Nacional de Meteorologia (INAM), que discute uma maravilha característica.

As áreas de Maputo, Gaza e Inhambane estão a sofrer os impactos de uma maravilha que provoca o ar frio do oceano, que tem afectado a descida da temperatura.

Nos últimos dias, o distrito registrou máximas que se estendem entre 23 e 25 graus Celsius, causando vírus relativo. Frio que seguirá até o final desta semana, como indicam conjecturas do INAM.

As baixas temperaturas seguirão até quarta e quinta-feira, e na sexta-feira prevemos uma pequena subida de temperatura, porém não muito grande, disse o meteorologista José Savanguane à nação nesta segunda-feira, que também descobriu a possibilidade de chuvas leves que podem ocorrer em um sistema moderado , essencialmente em Maputo e Gaza.

O INAM percebe que as altas temperaturas durante esta temporada não têm sido sucessivas, mas centra-se nos elementos da natureza e, da mesma forma, garante que não há estimativa de maravilhas extraordinárias.

Não esperamos um acontecimento extraordinário com um efeito notável, apesar de as temperaturas serem verdadeiramente amenas, o que não tem sido típico durante o corrente mês de outubro, disse Savanguane.

Enquanto nos territórios do sul as baixas temperaturas vão alistar-se até ao final desta semana, nos do meio as altas temperaturas far-se-ão sentir com ligeira redução ao longo dos dias. Em direção ao norte, o INAM não apresenta mudanças significativas.

De um modo geral, para a zona norte, não haverá grande alteração no que se refere ao clima, assim como nenhuma ocasião quanto à previsão de precipitação, garantiu o meteorologista do INAM,

Lembre-se de que, na maior parte entre outubro e dezembro, foi registrada a principal estação de chuvas. O segundo ocorre entre janeiro e março.

Você também pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *